• Azedos Design

Marcas e Estereótipos

Já reparou que alguns setores possuem padrões estéticos pré-estabelecidos? Por exemplo, quiosques que vendem Açaí, a maioria utiliza a mesma estética.


Vamos fazer um exercício, imagine com a gente uma casa de massas, imagine sua marca, suas cores, suas formas, seu estilo.


– As imagens que vem a cabeça são as cores da Itália? Desenhos de macarrão? Toalha de mesa xadrez? Um toldo retrátil nas cores verde, branco e vermelho? Uma cozinheira italiana que além de preparar o prato também atende, serve e cobra? Usando uma roupa comum e um avental igual a toalha de mesa? 🇮🇹


Mas é importante também saber o poder aquisitivo do público-alvo de uma marca para entender melhor o seu imaginário. Algumas pessoas, ao fazer esse exercício, podem imaginar um restaurante com paredes pretas, alguns pequenos detalhes nas cores da Itália, muitas taças, muitos vinhos, paredes com jardim vertical, garçons com uniformes bem trabalhados nas cores preto e branco, lâmpadas grandes e amarelas para dar conforto e somente com um vidro separando a cozinha do salão, sendo possível enxergar o chef fazendo malabarismos com as panelas, tacando fogo em tudo, flambando até o que é “inflambável” etc. 🔥😂


Conclusão: Estereótipos existem, alguns mais predominantes que outros. Antes de criar sua marca, entenda quem é o seu público, o que eles imaginam? Quais estéticas e comportamentos eles estão acostumados a ver e vivenciar? Quais produtos e serviços costumam consumir? Em que momento você se encaixará na vida dessas pessoas? O que toca nas emoções deles? Será que seguir o estereótipo relacionado ao seu nicho de mercado é a melhor estratégia para o seu crescimento?


Se esse conteúdo te ajudou em alguma coisa deixa seu comentário! Segue a gente lá nas nossas redes sociais e fique por dentro dos nossos conteúdos

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo